Agora você pode consultar a autenticidade dos documentos no site da Documentall

Até onde a cobrança digital é realmente digital?

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no skype
Skype
Compartilhar no email
Email

SMS, Whatsapp, e-mail, multicanal, negociação eletrônica, chat bot, redes sociais, deep learning, inteligência artificial, enfim as expressões são fartas para nos dizer: Bem-vindo, estamos numa nova era das relações humanas, e por consequência, das relações de negócios.

Recentemente participando de um Congresso sobre o tema, percebi que o palestrante não cansava de elogiar os benefícios do Portal de Negociação, que sem dúvida são inúmeros, até que ao abrir o microfone para participação dos ouvintes, um simpático senhor de cabelos brancos perguntou:
– Muito interessante essa solução, mas se a condição que o devedor precisar para fechar o acordo exigir um vencimento 10 dias depois do oferecido, como ele pode ser atendimento nessa solicitação?

O palestrante coçou a cabeça e meio desconcertado resmungou: bem, aí ele tem que ligar na assessoria e pedir um boleto com a data que ele precisa.

Bingo! Ele disse o que todos sabemos.

Na prática o que temos não são sistemas inteligentes que respondem a solicitações dentro de um intervalo pré-definido, mas apenas interfaces de consulta que entregam um documento pronto, tal como o que faz uma carta enviada com boleto entregue pela
jurássica empresa de correios e telégrafos. Nada mais.

E sabendo desse desafio, o time de P&D da Documentall tem se debruçado em desenvolver cérebros que reagem a intervalos, composições de condições, alterações de datas e recalculo de despesas financeiras de forma instantânea, on demand. Na mão do devedor, não na do credor.

Por isso nosso Portal se propõe a ir mais além, não apenas mostrar, mas a responder. Gerar métricas que traduzem comportamentos de uma coletividade, agrupados por tipo de dívida, faixa de atraso e ticket médio. Números que geram refino e assertividade.

A busca é para trazer “vida” de verdade a cobrança digital. Chega de imagens de mãos de robôs apertando a mão de humanos, mais que imagens de ficção científica e frases de efeito, os fornecedores de soluções precisam sair do discurso e mostrar para o que veio.

O desafio está posto.

Compartilhe:
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no skype
Skype
Compartilhar no email
Email
cartorios
Inovação

Cartórios no mundo digital

Excesso de papéis, carimbos e muita burocracia. Durante um bom tempo, essa era a realidade da maioria dos cartórios. Porém, com o avanço da tecnologia,

+
Gestão

Gestão de risco: o que é?

Toda empresa assume riscos quando concede crédito. Afinal, é impossível prever quando um cliente irá deixar de pagar. A inadimplência, muitas vezes, decorre de fatores

+

Uma resposta

Deixe um comentário